Consulta Seguro

Pode-se dizer que a prática de consulta seguro para os bens é tão antiga quanto a civilização. Há registro da existência de modalidade rudimentar de contrato de seguro firmado entre condutores de caravanas da Mesopotâmia 2.250 a.C., para proteção contra a perda de burros usados no transporte, quando esses caíam vítimas de feras ou de ladrões. No Brasil chegou nas primeiras décadas após o descobrimento, criada e incentivadas pelos jesuítas em especial o Padre José de Anchieta, sendo uma das mais antigas atividades econômicas regulamentadas em nosso país.

Em todos esses séculos a seguridade com certeza se desenvolveu e avançou muito, com regras fixadas pelo Governo e a entrada das empresas privadas nesse comércio, aumentando a competitividade e o controle sobre as regras dos seguros.

Hoje com certeza existe um seguro para cada tipo de risco, e aqui vamos falar dos principais e mais procurados tipos de seguros, são eles:

  1. Seguro de Vida Individual;
  2. Seguro de Vida em Grupo;
  3. Seguro de Acidentes Pessoais;
  4. Seguro Saúde;
  5. Seguro de Renda ou Previdência Privada;
  6. Seguro Educação;
  7. Seguro de Automóveis;
  8. Seguro de Aeronaves;
  9. Seguro de Embarcações;
  10. Seguro de Cargas;
  11. Seguro de Fiança Locatícia;
  12. Seguro Incêndio;
  13. Seguro de Responsabilidade Civil;
  14. Seguro de Lucros Cessantes;
  15. Seguro Tumultos;
  16. Seguro Riscos de Engenharia;
  17. Seguro Global de Bancos;
  18. Seguro de Roubo;
  19. Coberturas Especiais.

Pode ser difícil determinar que tipo de seguro você precise e para evitar surpresas desagradáveis a contratação de uma firma corretora ou um corretor independente é o primeiro e importante passo, pois essas empresas ou profissional atuam como intermediários entre as seguradoras, que oferecem a garantia, e os segurados, que contratam o seguro. Quando a escolha recair sobre um corretor independente, deve se pedir seu nome completo, número do CPF e da carteirinha da Susep (Superintendência de Seguros Privados) e certificar-se que ele está realmente habilitado a operar consultando a Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados, pela internet. Depois de digitar os dados do corretor, você saberá se ele é credenciado. De modo geral, a legislação básica utilizada nos contratos de seguro é o Código Civil, particularmente os artigos 1.432 a 1.480, além de alguns decretos-leis. Como se trata de um serviço oferecido por empresa, o seguro também se submetem ao Código de Defesa do Consumidor.

Enfim como fica claro, existe com certeza existe um tipo de seguro que atenda as suas necessidades, e o consulta seguro quer que você procure um profissional credenciado ou uma empresa idônea e você se sentirá mais “seguro” em todos os aspectos.